VOCÊ É, O AMOR DESSE BLOG. MAS UM POETA QUE ACABA DE CHEGAR..

AQUI NESTE CANTINHO, TEMOS A MAGIA DO CORAÇÃO...

AGRADEÇO A SUA VISITA!!!!


http://2.bp.blogspot.com/_vzrlnu76oJw/S59hupVevMI/AAAAAAAAC5k/AbinGmJaIbo/s320/TOTOSANDRA.jpghttp://1.bp.blogspot.com/_8uY050iSBtU/Sm5IjwiF1QI/AAAAAAAAA0g/ZHngB_gx3C8/s320/Easter+Banner-780077b.jpg

APERTE O PLAY E OUÇA

Orkutei.com.br





sábado, 14 de abril de 2012

UM DIA ESCOLHIDO...

HOJE FOI ESCOLHIDO O DIA 14 PARA HOMENAGEAR ALGUÉM QUE PARTIU DESSE MUNDO PARA BRILHAR LÁ NO CÉU. ESTAR SAEMPRE OLHANDO POR NÓS AQUI NA TERRA.
GLORINHA DO BLOG CAFÉ COM BOLO PARTIU MAIS DEIXOU MUITOS ENSINAMENTOS.
MULHER FORTE E CHEIAS DE ESPERANÇAS, MAS QUE PARTIU PARA MUNDO CHEIO DE LUZ E FÉ.
fonte da foto: http://cafecomglorinha.blogspot.com.br/2011/07/chuva-de-libelulas.html

ESTE LEGADOP É PARA VOCÊ GLORIA..

REVIRANDO SEU BAÚ ENCONTREI RELIQUIAS PARA TE HOMENAGEAR....

Criança Sorriso

Essa foi minha foto de um aninho...Por ser a terceira filha e, temporã, ainda por cima, tenho pouquíssimas fotos, mas em todas, sem exceção estou exibindo meu melhor sorriso...
Eu vivia rindo, sorria para todos e uma tia de um primo meu, me achava uma graça e vivia falando pra minha mãe: "A Glorinha deve ser uma criança muito feliz, pois vive rindo"...
E era verdade, nunca senti ciúmes dos meus irmãos, sempre me senti amada por meus pais, pela minha avó...acho que era uma criança feliz. Nunca desejei o que não podia e sempre tive o que desejei, dentro das possibilidades dos meus pais. Não tive viagem à Disney ou festa de debutantes e nunca desejei tais coisas...sempre fui "diferente" achava aquilo tudo uma cafonália só, brega mesmo...virei uma adolescente meio hippie e sempre lancei moda entre as minhas amigas, que imitavam o que eu vestia porque eu era meio que "cobaia" de quem não tinha coragem de ousar...Então, elas esperavam que eu usasse primeiro, pra depois então, usarem também. Eu fumei primeiro entre minhas amigas, aí, todo mundo começou a fumar...Coisa que hoje abomino com todas as minhas forças, mas na minha época de adolescente, fumar era um must e meu pai e meus dois irmãos fumavam...
Eu usava cabelo Black Power aos 13 anos, quando a moda era fazer touca pro cabelo ficar liso igual cabelo de japonês...Eu era a única black power loura do bairro...rsrs
Enfim, acho que fui feliz.
Nunca fomos ricos, mas éramos, como a maioria da população do Rio de Janeiro daquele tempo, classe média, mas média mesmo. Eu e meus irmãos estudamos em escolas públicas. E a não ser meu irmão, que sei lá porque cargas d'água estudou alguns anos num colégio de padres (coitado), que era pago, eu e minha irmã sempre estudamos sem pagar. E minha irmã, que fez o ginásio e o clássico ( naquele tempo era assim que se chamavam os quatro últimos anos do segundo grau e o terceiro grau daquele tempo) no Colégio de Aplicação da UFRJ. Inteligente que só ela, embora fosse um colégio público, só passava quem era muito estudioso e inteligente. E ela é isso tudo até hoje.
Eu, a raspa do tacho, estudei a vida inteira em Escola Pública. Só mesmo o cursinho de Pré Vestibular é que foi particular, depois passei para a UFRJ e pronto. Meus pais nunca pagaram escola pra mim. (Curso de Inglês, sim). E isso, lá em casa, era ponto pacífico, introjetado em nós, sem nem passar pela cabeça da gente que iríamos para um colégio ou universidade particular. Que estudássemos e tirássemos boas notas, meus pais nem precisavam pedir ou nos lembrar de estudar. Nós 3 sabíamos que era nossa obrigação. Eu e meus irmãos fizemos faculdade na UFRJ. Nós três fomos bons alunos. Minha irmã, sempre excelente e eu e meu irmão, bons alunos, mas sempre, acima da média.
Mas, voltemos ao meu sorriso...

Essa foto é de 1966, eu tinha 9 anos, e esse foi o ano em que minha avó morreu. Ela morava conosco, não sei se a foto é de antes ou depois da sua morte, mas isso não importa, lá estou eu com meu sorriso de dentões " Mentex " no rosto...Quem é da minha época, sabe bem o que é Mentex, nem sei se existe mais...Sempre zoiuda...Meu pai, nessa fase, me chamava de "olho, dente e pescoço", pois era enjoada demais pra comer, não gostava de nada e era uma magrela, só tinha mesmo olhos, dentões e um longo pescoço...eu nem ligava...Nunca liguei de ser zoada...sempre tive personalidade forte e não passei por aquela fase de me achar horrível, como as adolescentes têm. Tive a sorte de nunca ter tido espinhas, de ter sido sempre magra (ai, saudades....) e com um corpinho bem jeitoso...
Hoje, continuo sorrindo...isso vem de mim...e mesmo que esteja com o maior problema do mundo, nunca me verão de "beiço caído" ou "bicuda" ou tratando mal aos outros que não tem culpa dos meus problemas.
É assim que eu sou. Ando meio tristinha ultimamente, mas é só passar alguém e me dar bom dia, que abro meu melhor sorriso...Podem dizer tudo de mim, mas antipática, isso não sou não!
Acho que a Criança Sorriso ainda mora em mim, ainda que eu ache que não...

VAI DEIXAR SAUDADES..JÁ ESTÁ..
QUE TAL MAIS ESTA...

Criança Sorriso - Parte 2

Nessa foto eu ainda não tinha um ano, devia ter uns 9 meses e estava apontando um avião no céu, segundo minha mãe contava...

Quando eu nasci, minha mãe já tinha quase 39 anos...Hoje em dia isso é até bastante comum, pois as mulheres estão priorizando suas carreiras e deixando para ter filhos mais tarde, mas naquele tempo, em 1957, isso era bem incomum, até porque as mulheres de 38 anos não eram como as de hoje, bonitonas, saradas...as mães daquele tempo eram mais envelhecidas, naturalmente. Minha mãe era uma mulher muito bonita, mas tinha muitos problemas psicológicos. Quando soube que estava grávida de mim, contava que saiu do consultório médico chorando muito, desesperada, pois ela já tinha dois filhos grandes e nos três primeiros meses de gravidez, ficava um graveto, pois nada parava em seu estômago, ela colocava tudo para fora, até água e ficava literalmente, de cama. Ainda bem que minha avó morava com ela, pois cuidava de tudo para que a pobrezinha ficasse lá, entregue às baratas, vomitando tudo o que via pela frente...
Minha mãe era frágil, era despreparada para a vida e, apesar de ter sofrido muito com a doença de meu avô (seu pai morreu de câncer de faringe e artério esclerose) fazia um drama sem tamanho por tudo e por nada. Quando descobriu que eu fumava, se jogou na cama feito uma criança e ficou lá chorando por horas...Não sei bem se é por isso, cresci querendo ser totalmente diferente dela. E sou, embora muitas vezes me veja repetindo atitudes suas...isso é inevitável, afinal, sou sua filha...Mas me sabia forte, sabia que podia aguentar os trancos da vida. Sempre lutei pelo que queria e se não conseguia, corria atrás até conseguir...Não sei bem de quem herdei essa persistência diante dos Nãos que a vida me dá, acho que da minha avó materna, que sofreu o pão que o diabo amassou a vida toda e nunca a ouvi se queixar ou maldizer a vida. Tinha uma alegria de viver invejável...Eu tenho a minha avó como meu exemplo de mulher de fibra. Aquela que teve tudo para se tornar amarga e triste e, pelo contrário, soube ser uma pessoa de sorriso no rosto e uma fortaleza diante das agruras da vida.
E realmente, cresci ouvindo minha mãe dizer que eu era igualzinha à minha avó no meu jeito de ser...
Acho que essa foto é da mesma época da outra. Eu devia ter uns nove meses...Meu irmão, coitado, que foi um bebê lindo estava na fase mais feia de sua vida...e ainda tinha quebrado os Mentex da frente...devia ter aí uns onze anos...

Bem, nasci....Vim ao mundo num dia de setembro e minha mãe demorou dois dias e duas noites para me ter...Das duas uma: ou eu não queria sair de lá, tão quentinho, tão gostoso ou ela é que queria que eu ficasse, para sempre protegida, em seu ninho, preparado pela natureza para mim...Fui retirada à fórceps e a coitadinha, sofreu mais uma vez...o obstetra dela era um grosso, um estúpido que lhe disse, quando ela gritava de dor: Fica quieta, pra fazer foi bom, né? Agora aguenta..."
Vejam se pode uma coisa dessas? E minha mãe adorava ele...Hoje em dia isso dava até processo.
Pois é, e lá vim eu para este mundo, amada por todos...só minha irmã teve um pouco de ciúme de mim, mas só durante uma fase da vida. Afinal, durante 7 anos ela foi a princesa da casa...aí, chego eu, toda fofinha, gordinha e sorridente e abalo o seu reinado...não é por acaso que seu nome é Regina...rsrs
Aqui eu tinha uns 5 anos. Sorrisinho lindo mesmo...Essa fantasia de holandesa eu me lembro até hoje...foram minha mãe e minha avó que fizeram. Era de organdi e cetim e toda aplicada com tulipinhas de feltro...reparem nos tamanquinhos de madeira, legítimos...
Olhando essas fotos me deu uma saudade imensa da minha família, de quando éramos todos crianças. De quando meu pai e minha avó eram vivos, meus padrinhos, que me adoravam, também. Da minha mãe, com seu colo e suas muitas broncas...Hoje, todos já se foram...Minha mãe faleceu há 10 anos, com 81 anos. Estava lúcida e foi uma velhinha muito fofinha e uma avó maravilhosa para os netos...
Nossas diferenças se apagaram com o tempo e até mesmo o que ela não fez por mim, hoje eu compreendo, pelas suas limitações...Era uma mulher com sérios problemas emocionais e talvez até tenha tido essa depressão que eu sinto hoje, e que naquele tempo não foi detectada...Angústia, dor no peito, choros sem explicação, melancolia...quem sabe sentia tudo isso e não tinha com quem se abrir e talvez nem soubesse explicar?

Bem, lembrar o passado nos faz re- vivê-lo. Lembrar o quanto fomos felizes, mesmo passando por momentos infelizes durante a vida, nos faz avaliá-la e redimensioná-la. Serve de conforto e também de consolo.
Traz-nos ao rosto um sorriso doce de saudade e nos momentos de tristeza, nos lembra que a menininha sorridente sempre estará lá, esperando que a despertemos para que nos sorria de volta e nos mande um beijo envolto em delícias em meio às brumas do passado...

A VIDA TEM SEUS MOMENTOS..UNS LONGOS..OUTROS CURTOS..OUTROS O TEMPO CERTO....
Doe Palavras - Clique Na Imagem
Basta Um Minuto Para Fazer O Bem.
VAI EM PAZ AMIGA.


ESTA HOMENAGEM FOI PROMOVIDA PELO BLOG ORA,PITANGAS...


CURIOSA

MEUS MIMOS/SEUS PRESENTES-


Blog Coletivo-Uma Interação de Amigos-

Sinal de Liberdade-uma expressão de sentimento.- (Tem homenagem para Gloria.)

ESCOLA-SEMPRE APRENDENDO..

14 comentários:

Sandra disse...

SAUDADES DE QLGUÉM QUE PARTIU E DEIXOU MUITOS ENSINAMENTOS EM SUAS REFLEXÕES. O QUE FAZ COM O QUE REFLETIMOS UM POUCO MAIS SOBRE OS NOSSOS MOMWENTOS E AÇÕES , ALÉM DE NOSSAS ATITUDES CONOSCO MESMO.
VALEU..
SAUDADES..
AS ESTRELAS TE ESPERAM PARA BRILHAR JUNTO A ELAS.
SANDRA

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Glória
Quanto carinho vc dedica aos seus amigos!!!
Parabéns!!!
Ela merece isso de nós todos...
Bjm de paz, pesar e pascal

angela disse...

linda homenagem! bjs

Sandra disse...

Obrigada Angela pela oportunidade. Que bom que veio.
Grata.
Sandra

Sandra disse...

Orvalho do Céu,
Lembrar dos amigos faz de nós uma estrela para o amanhã.
Lembrar hoje para ser lembrado amanhã.
Carinhosamente,
sandra

Sandra disse...

Hoje é um dia muito especial. Uma coletiva muito cheia de saudades, destinada a alguém muito ESPECIAL que partiu para brilhar junto as estrelas. Embora triste a partida, mas feliz por estar olhando e brilhando para nós. Hoje nos encontramos para dar o nosso adeus final ou simplesmente uma té breve, para a nossa amiga Gloria.
Meus blogs também estão homenageando esta linda Pessoa tão especial que se foi para junto de Deus.
A interação de Amigos não poderia estar fora desse momento tão triste, mas tão especial.
http://sandrarandrade7.blogspot.com.br/
juntos lembrando e fazendo a despedida para essa linda pessoa que deixou muitos ensinamentos.
Sua homenagem ficou maravilhosa.
Sandra

Bombom disse...

Sandra, me dá licença?
Que post maravilhoso em homenagem a Glorinha!
Gostei tanto de reler estas "páginas" da sua infância!
Foi como um bálsamo para amenizar a tristeza e a saudade.
Hoje também entrei na BC da Ângela. Se quiseres passa por lá. Fica o convite:
http://receitasdatiafatima.blogspot.com
Bjs. Bombom

Sandra disse...

Obrigadaa bombom por ter vindo. Eu já passei por lá. Muito obrigada.
Que bom que gostou. Realmente ela nos deixará saudades.
Carinhosamente,
Sandra

She disse...

Ficou linda a sua homenagem e carinho!
Beijo, beijo
She

Vanuza Pantaleão disse...

Uma merecida homenagem, minha amiga. Vê-se que és uma pessoa que sabe valorizar àqueles que te rodeiam.
Que doçura!
Beijo carinhoso...

O Sibarita disse...

Que bom essa criança ainda dentro de você! As fotos da infância sempre nos traz boas recordações, é isso!

O bacana da vida é quando se parte e ainda assim as coisas boas feitas e reflete nos que ficaram em qualquer tempo.

O Sibarita

Nos Amando... disse...

oi querida
obrigada por suas palavras
de carinho
lindo seus blogs
parabéns
linda noite

Sandra disse...

AGRADEÇO A TODOS QU PASSARAM POR AQUI. MUITO OBRIGADA PELO SEU CARINHO.
SANDRA

Sandra disse...

AOS NOVOS AMIGOS MEU GRANDE ABRAÇO BEM CARINHOSO.
OBRIGADA PELA SUA COMPANHIA
SANDRA